Comércio eletrônico + redes sociais = comércio social
09/09/2011
Lançamento do livro “A Revolução das Mídias Sociais”
20/11/2011

jQuery matou o Adobe Flash

Nos últimos meses, temos acompanhado nos meios de comunicação sobre as novas bibliotecas HTML5, Javascript do Flash. JavaScript é amplamente utilizado em browsers, navegadores móveis, PDF e até em televisores.  jQuery, construída em essencialmente em JavaScript, pode ser usado para criar apresentações de slides, menus drop-down, pop-ups, elementos expansíveis/dobráveis e animações semelhantes.
A empresa AppendTo realizou um estudo com mais de 17 milhões de sites do mundo, analisando-os em termos de tecnologia aplicada. Entregue por HTTP  a lista “Site Archive” é baseado em nos dados das listas Alexa 500, EUA Alexa 500, Fortune 500, a Global 500 e Quantcast10K.
Mike Hostetler da AppendTo comentou sobre os resultados da pesquisa:..

 

 

“Os desenvolvedores estão escolhendo jQuery sobre o Flash para o desenvolvimento de novas Estes dados, confirmando uma tendência que tem sido crescente em anos. Os desenvolvedores usam cada vez mais  jQuery e JavaScript do que Flash e a taxa em que esta transformação está ocorrendo só tem à acelerar. ”

Nós já sabemos isso o inimigo principal do Flash. jQuery – A biblioteca JavaScript mais popular do mundo , tem sido usado por 48% dos sites analisados​​, 47% ainda estavam usando Flash.
jQuery tem sido amplamente utilizada em muitos navegadores, a partir do Internet Explorer 6 através da mais recente navegadores móveis. É interessante notar que jQuery está conosco há cinco anos, enquanto que o Flash está presente no mercado há 15 anos.

 

Douglas W. P.
Douglas W. P.
por quase todas as áreas de uma agência, viu que se identificava mais como Gaúcho de 24 anos, criou a Finalizart no fim de em 2008. Depois de passar por quase todas as áreas de uma agência, vi que me identificava mais como designer onde atuo até hoje, e sei fazer um bom café. Especialidades: HTML5, jQuery, VirtueMart, CSS, Semântica e Otimização SEO.

Deixe uma resposta